Solution Focus Therapy

O modelo de intervenção desenvolvido nos anos noventa por Steve de Shazer e Insoo Kim Berg, será a porta de entrada da nossa formação. Este modelo, por ser desenhado para intervenções curtas no tempo e por ser particularmente robusto no trabalho com clientes involuntários, foi adoptado por vários profissionais do sistema de protecção em vários países. Os participantes terão a oportunidade de ter um primeiro contacto com este modelo, ver alguns vídeos, e reflectir sobre as vantagens que o modelo apresenta no trabalho com clientes involuntários. 

Mentalization Based Treatment - Families

É um dos modelos mais recentes de intervenção com famílias. Tem sido desenvolvido nos últimos quatro anos em Londres, num esforço conjunto do Anna Freud Center, liderado por Peter Fonagy, e do Malborough Family Center, liderado por Eia Asen. O modelo resulta de uma articulação de técnicas clássicas da terapia familiar com Mentalization Based Treatment um protocolo terapêutico desenvolvido nos anos 90 e validado para a intervenção em pacientes Borderline. No presente, o Mentalization Based Treatment – Families é um dos modelos de intervenção que mais se tem disseminado.

Collaborative Problem Solving

Os comportamentos de oposição e desafio por parte das crianças e jovens são uma temática frequente para quem trabalha no sistema de protecção de crianças e jovens. O Collaborative Problem Solving é uma metodologia de intervenção desenvolvida nos últimos anos por Ross Greene no Department of Psychiatry no Massachusetts General Hospital e que tem ganho um progressivo destaque no trabalho com crianças que apresentam perturbações emocionais e do comportamento.