EDIÇÃO 2009 - CUIDADOS HOSPITALARES

AGENDA -
Sessão Pública de Apresentação, 18 de Março de 2009

9h30 - Abertura e Apresentação do Saúde-em-Rede
Ana Escoval, Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Hospitalar – Apresentação

10h00 - Apresentação das Conclusões do Think Tank Saúde-em-Rede 2009
Manuel Delgado, Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares – Apresentação
Luís Campos, Hospital de São Francisco Xavier – Apresentação
Comentador:Vasco Reis, Escola Nacional de Saúde Pública

11h00 - Coffee Break

11h30 - Apresentação de Experiências Internacionais
Abertura e Moderação: Constantino Sakellarides, Director, Escola Nacional de Saúde Pública
Boi Ruiz, Presidente, União Catalã de Hospitais – Apresentação
Eric de Roodenbeke, Director-Geral da Federação Internacional dos Hospitais – Apresentação

13h00 - Encerramento
Constantino Sakellarides, Director, Escola Nacional de Saúde Pública
Pedro Lopes, Presidente, Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares
Ana Paula Carvalho, Directora-Geral Executiva, Laboratórios Pfizer

 
 
TEMAS
 
As questões abordadas pela iniciativa Saúde-em-Rede em 2009 foram:
 
I. As novas ecologias organizacionais e as profissões de saúde. (Valorização das profissões de saúde, evolução dos perfis profissionais, novas motivações, novas competências, satisfação do exercício profissional nos cuidados hospitalares, resultante das novas estruturas organizacionais e das novas necessidades técnicas e tecnológicas)
  1. Como fundamentar a natureza e extensão desta valorização nas várias profissões associadas com os Cuidados Hospitalares?
  2. Como estender esta valorização ao maior número possível de profissionais?
Qual é a situação actual?
Qual será a situação dentro de três anos?
Quais serão os factores mais importantes que podem facilitar ou dificultar uma evolução favorável nos próximos três anos?
 
II. Contratualização interna e valor em saúde
  1. Como garantir o alinhamento e a articulação estratégica entre os contratos internos e a missão e objectivos do hospital?
  2. Como garantir que a contratualização interna se foca principalmente em objectivos de acesso e qualidade dos cuidados hospitalares?
Como conseguir implementar a clinical governance nos hospitais e focalizar nos resultados?
Qual é a situação actual?
Qual será a situação dentro de três anos?
Quais serão os factores mais importantes que podem facilitar ou dificultar uma evolução favorável nos próximos três anos?
 
III. Pensar o doente/cliente
  • Como garantir o alinhamento entre o acesso (cuidados de saúde, medicamentos), a segurança e a qualidade de resposta ao doente em contexto de escassez de recursos? Como se monitoriza e avalia efectivamente em termos de indicadores de saúde das populações?
  • Como conseguir motivar o investimento em investigação, conhecimento e inovação em favor dos doentes num ambiente de minimização de custos e de “curtos prazos”?
  • Como intervir eficazmente para aumentar a literacia em saúde e organizacional e as competências/responsabilização dos doentes?
 
 
PARTICIPANTES
 
Painel Multidisciplinar de Especialistas:
 
  • Alexandre Lourenço – Administração Central do Sistema de Saúde
  • Ana Cristina Mesquita – Enfermeira, Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal; Escola Nacional de Saúde Pública
  • Ana Escoval – Administradora Hospitalar, Escola Nacional de Saúde Pública; Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Hospitalar
  • António Dias Alves – Assessor do Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Ministério da Saúde
  • António Lourenço – Director de Serviços de Saúde, Sub-Região de Saúde de Santarém
  • Artur Vaz – Administrador Hospitalar, Hospital Amadora-Sintra
  • Carlos Costa – Professor, Escola Nacional de Saúde Pública
  • Carlos Esteves – Enfermeiro, Centro Hospitalar do Médio Ave
  • Casimiro Dias – Organização Mundial de Saúde
  • Fátima Vaz – Serviço de Oncologia Médica, IPO Lisboa
  • Fernando Regateiro – Presidente do Conselho de Administração, Hospitais da Universidade de Coimbra
  • João Guerra – Medicina Interna, Escola Nacional de Saúde Pública, Hospital Reynaldo dos Santos – Vila Franca de Xira
  • João Oliveira – Director Serviço de Oncologia Médica, IPO Lisboa
  • Luís Almeida Santos – Centro de Responsabilidade Integrada, Hospital de São João
  • Luís Campos – Director do Serviço de Medicina IV, Hospital São Francisco Xavier
  • Manuel Delgado – Presidente do Conselho de Administração, Hospital Curry Cabral
  • Manuela Mota Pinto – Administradora Hospitalar, Hospital Pediátrico de Coimbra
  • Marta Themido – Centro Hospitalar de Coimbra
  • Melo Gouveia – Director dos Serviços Farmacêuticos, IPO Lisboa *
  • Paula de Sousa – Administradora Hospitalar, Centro Hospitalar de Coimbra
  • Paulo Boto – Professor, Escola Nacional de Saúde Pública
  • Paolo Casella – Cirurgião Pediátrico, Hospital D. Estefânia
  • Paulo Moreira – European Centre for Disease Prevention and Control (ECDC), Estocolmo (Suécia), Escola Nacional de Saúde Pública
  • Pedro Afonso – Vogal Executivo, Hospital de São Sebastião
  • Pedro Lopes – Presidente, Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares
  • Ricardo da Luz – Director de Qualidade, Espírito Santo Saúde
  • Ricardo Monteiro – Enfermeiro, Professor, Escola Superior de Saúde de Leiria
  • Rosa Reis Marques – Vogal do Conselho de Administração da Administração Regional de Saúde do Centro
  • Rui Santana – Professor, Escola Nacional de Saúde Pública, ARS Alentejo
  • Vítor Raposo – Professor, Faculdade de Economia de Coimbra
Veja o vídeo