Publicações técnicas



Administradoras  e  Gestoras de condomínio


As  funções de cada uma devem ser independentes, sendo, portanto, desaconselhável que a mesma empresa preste os dois serviços.  







      Brigas entre síndicos e condôminos:          os dois lados da moeda


  • tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte

Trabalhando há 17 anos com atendimento aos condomínios, a advogada Luciana Marques de Paula observa que, muitas vezes, posturas autoritárias adotadas pelos síndicos também contribuem para render um bom caldo de conflitos com os moradores. Se de um lado existem "condôminos que não sabem morar em comunidade, jogam lixo, gritam, soltam rojões pelas janelas comemorando um jogo de futebol, usam a piscina e outras áreas de lazer sem o menor escrúpulo de higiene", de outro, persistem síndicos que contratam obras desnecessárias sem aprovação de assembleia, dão margem a suspeitas de desvios e atropelam o Regimento, diz. Mas hoje, Luciana observa uma tendência à profissionalização do cargo, especialmente entre executivos aposentados, "que buscam uma atividade em prol da comunidade condominial". A tendência deve facilitar o convívio coletivo, acredita Luciana.