Nas Mãos do Oleiro


Em junho deste ano, meu marido terreno me deixou sem explicações. Eu me casei no dia 7 de junho e dez dias depois ele me deixou. Eu me senti perdida e confusa. Embora eu sentisse que meu casamento estava acabado, havia uma paz dentro de mim e isso me deixava ainda mais confusa. Eu não tinha a menor ideia de que meu marido tivesse um problema com drogas até na noite da nossa lua de mel. Eu amo meu marido ternamente e queria que ele voltasse para casa para trabalharmos no nosso casamento. Mas ele não falava comigo. Ninguém acreditava que valeria a pena restaurar o meu casamento, e muitas pessoas, com a exceção de uma única mulher, sentiam que eu deveria pedir o divórcio. Ninguém sugeriu que eu buscasse a Deus. Um dia eu estava em um site de orações e Ramona, uma das ministras do RMI, entrou em contato comigo e compartilhou o primeiro capítulo do livro “Como Deus Pode e Vai Restaurar Seu Casamento”. Eu já havia testemunhado a restauração de dois casamentos, então eu sabia que Deus era capaz de restaurar o meu também.


Eu li o primeiro capítulo inteiro do livro naquela noite. Isso me deu a determinação de seguir tudo que Deus me orientasse a fazer. Quanto mais longe eu caminhava com Deus, mais eu começava a mudar. Deus redirecionou o meu foco do meu casamento para o meu relacionamento com Ele. Eu achava que a minha frequência à igreja e o conhecimento da Bíblia significavam que eu estava bem. Eu não compreendia que eu estava vivendo uma grande mentira. Entreguei a minha vida ao Senhor quando eu era jovem e tive uma caminhada firme com Ele até que cheguei à faculdade. Desde então eu voltei para o Senhor, mas eu lutava com a dor e as mentiras que a minha igreja me ensinava. Era uma batalha constante entre os ensinamentos do mundo e a minha caminhada cristã com Deus. Quando Ele me alcançou, Ele removeu a nuvem escura de pecado que cercava a minha vida. Eu era orgulhosa, arrogante, ambiciosa, mandona, sabe tudo, mesquinha e impaciente. Eu me envergonhei pela maneira como eu tratava o meu marido e os meus entes queridos e pedi a Deus que me transformasse, não importando o quanto isso fosse doer. Eu me recusei a sair das mãos do Oleiro. O Senhor bateu,sacudiu, pressionou e me moldou de todas as formas possíveis. Eu aprendi a levar tudo somente a Ele e a me alimentar diariamente da Sua Palavra. Eu jejuava para morrer para a minha carne e eliminei tudo que me distraía de ouvir a Palavra de Deus. Eu permiti que Ele renovasse a minha mente dos anos em que alimentei pensamentos errados.


Eu buscava a Deus em tudo que eu fazia. Permiti que Ele usasse a minha vida como um livro aberto para compartilhar com as outras pessoas sobre a alegria que elas poderiam encontrar através de Cristo. Houve momentos em que as coisas ficaram difíceis para mim e eu me senti solitária. Eu tentei preencher a minha solidão com a companhia de outros homens. Contudo, Deus me deu convicção para que eu deixasse que Ele preenchesse o meu vazio. Através das minhas provas e testes eu aprendi que a obediência a Deus é a chave para uma vida de paz e alegria.

Meu teste final de obediência veio quando o Senhor me pediu para dar o livro “Como Deus Pode e Vai Restaurar Seu Casamento” para a minha antiga pastora. Eu não entendia o porquê daquilo. Eu sentia que, já que ela era uma pastora, ela já deveria saber que Deus pode restaurar casamentos. Mas eu permaneci obediente e não me apoiei no meu próprio entendimento. Em um domingo eu acordei, coloquei o livro em uma bolsa de presente e o apresentei à minha pastora como um presente.


Na segunda-feira, eu recebi um email do meu marido terreno no meu trabalho. Nós trabalhávamos na mesma empresa e no mesmo andar. Ele dizia que precisava falar comigo. Acredite, eu fiquei nervosa. Eu me preparei para ser rejeitada porque fora isso que eu sempre encontrei a minha vida inteira. Nós nos encontramos no meio do andar. Assim que ele me viu um grande sorriso surgiu no rosto dele e ele me abraçou. Ele me disse que vinha orando e queria restaurar o nosso casamento. Eu fiquei ali parada em choque e em silêncio. Eu disse que tinha uma reunião e ele disse que me acompanharia até lá. Ele comentou sobre como eu estava mansa e gentil e continuou me dizendo que eu era a sua esposa e me perguntou se eu me dava conta disso. Ele disse que sentia que uma parte dele estava faltando enquanto esteve distante de mim. Meu marido terreno agradeceu a Deus por tê-lo abençoado com a minha existência. Ele disse que me ver e conversar comigo foi a maior alegria que ele havia tido em quatro meses.


Senhoras, isto tudo foi Deus. Eu não poderia ter feito isto sozinha. Eu recomendo o RMI e os seus materiais para todas as mulheres, sejam elas casadas ou solteiras. Por favor, seja o que for que você faça, se aproxime mais de Deus. Seja obediente a tudo que Ele a guiar a fazer. Siga a Sua Palavra e os princípios que nos são apresentados neste Ministério. É através da nossa obediência a Deus que experimentamos as maiores bênçãos, as alegrias e a paz que Ele tem guardadas para nós.



https://docs.google.com/document/d/1Ph4b_JauEofIJzQtiICamuT1Pq5cQbS6BYgaozQWUZs/edit?usp=sharing



Bonita na Geórgia RESTAURADA
, é uma Ministra em Treinamento que podemos ver claramente pelas suas fotos que, quando não se deseja sair das mãos do oleiro, você pode ser transformada não só interiormente, mas também naquilo que se vê exteriormente.